Viverra Tempor Ultrices Testing Expert

Contrary to popular belief, Lorem Ipsum is not simply random text. It has roots in a piece of classical Latin literature from 45 BC

Cras Ligula Vectus Siverra Tempor Ultrices

Categories: ,   By ,   0 Comments,   href="https://www.coletivolugarcomum.com/cras-ligula-vectus-siverra-tempor-ultrices/#comments">0 Comments

Contrary to popular belief, Lorem Ipsum is not simply random text. It has roots in a piece of classical Latin literature from 45 BC

No Image

Contrary to popular belief, Lorem Ipsum is not simply random text. It has roots in a piece of classical Latin literature from 45 BC

Single Right Sidebar

Categories: ,   By ,   0 Comments,  

Contrary to popular belief, Lorem Ipsum is not simply random text. It has roots in a piece of classical Latin literature from 45 BC

Hello world!

Hello world!

Categories: ,   By ,   0 Comments,  

Welcome to WordPress. This is your first post. Edit or delete it, then start blogging!

The Best Image Post

The Best Image Post

Categories: ,   By ,   0 Comments,  

Contrary to popular belief, Lorem Ipsum is not simply random text. It has roots in a piece of classical Latin literature from 45 BC

Another Image Post

Another Image Post

Categories: ,   By ,   0 Comments,  

Contrary to popular belief, Lorem Ipsum is not simply random text. It has roots in a piece of classical Latin literature from 45 BC

Foto: Tamíris Spinelli

Foto: Tamíris Spinelli

Estão abertas até o próximo dia 28 de setembro as inscrições para a mini-residência artística com a bailarina, coreógrafa e performer Micheline Torres (RJ), que acontecerá no Recife, capital pernambucana, na sede do Coletivo Lugar Comum. Será de 10 a 20 de outubro, com quatro horas diárias, sempre das 15h às 19h, com exceção do dia 10, que terá o início das atividades às 16h. Poderão se inscrever artistas das artes cênicas ou outras linguagens que tenham interesse em aprofundar e trocar conhecimentos relacionados à presença cênica e trabalhos em espaços públicos. As vagas são limitadas e estão abertas para artistas de Pernambuco, Paraíba e Alagoas. Para participar da seleção é necessário enviar currículo e carta de intenção pelo endereço eletrônico www.coletivolugarcomum.com/oficinas/. O resultado será divulgado pelo Lugar Comum no dia 03 de outubro.

Micheline Torres é formada em balé clássico e dança contemporânea. Estudou Artes Cênicas na UNI-RIO e Filosofia na UFRJ. Trabalhou por 12 anos como bailarina e assistente da Lia Rodrigues Companhia de Danças. Desde 2000 desenvolve trabalhos próprios situados entre a dança contemporânea, a performance e as artes visuais. Atualmente desenvolve o projeto Meu Corpo é Minha Política, contemplado com o prêmio Funarte Klauss Vianna de Dança 2010 e 2012, o projeto de residência do Centre National de la Danse (Paris) e o edital FADA, tendo sido apresentado em 18 cidades do Brasil e oito países. É integrante do coletivo internacional Sweet&Tender Collaborations.

A mini-residência é parte da caminhada do projeto de pesquisa Trânsito Coletivo, que vem sendo desenvolvido pelo Coletivo Lugar Comum ao longo deste ano de 2014, com incentivo do FUNCULTURA, fundo de incentivo à cultura do Governo de Pernambuco e que também ganhou versão expandida com ações na Paraíba e Alagoas, contemplada nacionalmente pelo Prêmio Funarte Klauss Vianna de Dança.

O projeto Trânsito Coletivo propõe a realização de uma pesquisa prático-teórica continuada na área de dança, enfocando múltiplas abordagens sobre o movimento dos corpos e comportamentos em lugares de trânsito com grande fluxo de pessoas, incluindo laboratórios de criação e apresentações de trabalhos artísticos ao longo do processo. Os locais escolhidos para a realização da pesquisa foram o Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, TIP – Terminal Integrado de Passageiros de Pernambuco e Estação Central do Metrô Recife, além das intervenções nos terminais rodoviários de Maceó/AL e João Pessoa/PB, ampliando os resultados para outros estados da região Nordeste.

O projeto inteiro contempla um ano de atividades práticas e teóricas sobre a criação em dança a partir do estudo da presença cênica experimentada em lugares onde a atenção dos passantes normalmente não é fixada em estímulos externos por muito tempo, justamente pela característica de transitoriedade relacionada a estes espaços, colocando a arte da dança como elemento provocativo na paisagem cotidiana em pontos estratégicos e representativos da correria e do vai e vem que acompanha os movimentos humanos.

Dentro das atividades propostas, já foi realizada no mês de agosto uma primeira mini-residência artística de duas semanas com a artista curitibana Michelle Moura, com a participação de integrantes do Lugar Comum, além de artistas independentes e atores e bailarinos de outros grupos em atuação nas artes cênicas, como a pernambucana Duas Companhias, o baiano/pernambucano CoMteMpu´s, a Compassos Cia. de Danças e o Grupo Totem.  Michelle Moura é coreógrafa e bailarina, cofundadora e integrante do extinto Couve-Flor Minicomunidade Artística Mundial. Suas últimas criações são CAVALO (2010), Big Bang Boom (2012) e FOLE (2013), com apresentações em diversas cidades do Brasil, Chile, Uruguai, França e Espanha. Big Bang Boom foi indicado pelo Jornal O Globo como “um dos melhores espetáculos de dança de 2012” e FOLE foi indicado pelo Jornal Folha de São Paulo como “um dos melhores espetáculos de dança de 2013”. Atualmente é mestranda no Amsterdam Master of Choreography (AHK), Holanda.

Contato Improvisação no Chile

Categories: ,   By ,   0 Comments,  

Quando esteve no Chile, em Maio deste ano, o Coletivo Lugar Comum apresentou o espetáculo LEVE e  aproveitou para rever os amigos parceiros do Colectivo de Arte La Vitrina.

Neste período, o Coletivo participou da JAM SALVAJE, evento de Contato Improvisação organizado pelos integrantes do La Vitrina.

Confira o registro em vídeo!

 

 

 

CONTATO IMPROVISAÇÃO – jam e aulas!

Categories: ,   By ,   0 Comments,  

Jam Session de Dança_Foto de Ju Brainer

 

Coletivo Lugar Comum promove encontro gratuito de dança neste domingo (29)

 

Tem dança aberta a todos os corpos moventes que queiram trocar experiências neste domingo (29), com entrada gratuita, na sede do Coletivo Lugar Comum, no Recife. A Jam Session de Contato Improvisação se configura como um espaço livre de compartilhamento e por isso não precisa ser bailarino para participar, é só chegar. O evento também é aberto ao público de todas as idades, inclusive crianças. A ação é parte do projeto Programação do Espaço Coletivo Lugar Comum, incentivado pelo FUNCULTURA (edital de incentivo à cultura do Governo de Pernambuco). A Jam Session também terá música ao vivo, de improviso, com os músicos convidados Mateus Alves (UiU), Hugo Medeiros (Mojav Duo e Rua) e Caio Lima (Rua). Começa às 18h, na casa do Lugar Comum, na Rua Capitão Lima, 210, em Santo Amaro.

 

O Projeto Programação do Espaço Coletivo Lugar Comum terá uma série de ações gratuitas ao longo deste ano, incluindo duas oficinas que aconteceram já neste primeiro semestre. A primeira foi realizada em abril, “Movimento e Contato Autêntico – à beira do pensamento”, com a pesquisadora e introdutora do Movimento Autêntico no Brasil e em Lisboa, Soraya Jorge (RJ) e o diretor teatral, coreógrafo e pesquisador do Contato Improvisação Guto Macedo (RJ). A segunda, “Riso/Cômico/Humor”, com Joice Aglae, fundadora da Cia. Buffa de Teatro (Bahia) e cofundadora da companhia de teatro Bottega Buffa CircoVacanti, de Trento (Itália), foi realizada em maio. Ambas foram gratuitas e abertas a artistas independentes e de outros grupos que atuam nas artes cênicas no Estado. Outra ação foi a realização do ensaio aberto em comemoração aos cinco anos do espetáculo LEVE, o primeiro do Lugar Comum. Ainda virão por aí outros ensaios abertos de trabalhos artísticos do repertório do Coletivo e mais três Jam Sessions de dança com música ao vivo todo último domingo de cada mês, até setembro.

 

Aulas de Contato Improvisação – Para quem quiser se dedicar à prática do Contato Improvisação, o Coletivo está com inscrições abertas para uma turma regular. As aulas acontecem todas as terças, das 19h30 às 21h30, na sede do Lugar Comum. A mensalidade é de R$ 80,00. O Contato Improvisação desenvolve um trabalho corporal, a partir do diálogo físico entre duas ou mais pessoas. Durante as aulas são realizados exercícios de sensibilização, trabalhando a percepção a partir do tato; e das camadas de composição do corpo (osso, massa muscular e pele); e a conscientização corporal a partir da tonicidade muscular; do fortalecimento do centro; e da percepção do peso do corpo. Também são propostos exercícios improvisação do movimento, a partir de jogos em duplas e individuais, estimulando a criatividade e uma melhor compreensão dos padrões de movimentos individuais. Não é necessário ser bailarino, qualquer pessoa pode participar das aulas, que serão ministradas pela artista Liana Gesteira.

 

Liana é artista integrante do Coletivo Lugar Comum desde 2009. É especialista em Dança pela Faculdade Angel Vianna/Compassos (2011). Iniciou seus estudos em dança pela técnica de balé clássico em 1990. Profissionalmente integrou o elenco do Grupo Experimental (1999/2001), o Grupo Grial (2003/2005) e a Cia. Etc (2009 a 2012) desenvolvendo sua formação na área de dança contemporânea. Entre 2005 e 2008 residiu em Brasília, desenvolvendo sua formação na área de dança contemporânea a partir de aulas com Luciana Lara (ASQ Companhia de Dança) e de Contato e Improvisação, com Giovani Aguiar (DF). Entre 2011 e 2013 aprofundou seu conhecimento em Contato Improvisação tendo aulas com os professores: Ricardo Neves (SP), Eckhard Muller e Daniela Schwartz (ARG), Paulo Mantuano (RJ), Hugo Leonardo (BA), Camillo Vacalebre (Ita), Duda Freyre (PE), Autarco Arfini (ARG), Guto Macedo (RJ), Ana Alonso (SC) e Catalina Chouhy (URG). Em 2013, fez a coordenadora geral do “Contato Coletivo – I Encontro de Contato Improvisação de Pernambuco”, promovido pelo Coletivo Lugar Comum.

1 2 3 4 5 6 8